Política de Privacidade

Em operação conjunta com homens do 1º Batalhão da Polícia Militar, entre a noite de sexta-feira (11) e a madrugada de sábado (12), duas equipes de agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública (SORP) vistoriaram estabelecimentos comerciais nos bairros Boa Esperança e Grande Terceiro. O trabalho resultou na abordagem a 35 pessoas, 20 veículos, seis autos de notificações, suspensão temporária de três estabelecimentos, sendo dois bares localizados na Avenida Edgar Vieira, no Boa Esperança e uma distribuidora de bebidas, localizada na Avenida Manoel José de Arruda, no Grande Terceiro. 

A maioria das notificações ocorreram devido à irregularidade no alvará de localização e funcionamento e no alvará sanitário, além de poluição sonora, quando o volume do som ultrapassa o limite permitido por lei. Houve ainda notificações pelo uso indevido de mesas e cadeiras, grades e até banheiros químicos em calçadas. 

Intitulada pela PM de “Silêncio dos Inocentes”, a operação contou ainda com apoio do Corpo de Bombeiros e de fiscais da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). O intuito foi proporcionar sensação de segurança aos moradores das regiões vistoriadas e dar resposta quanto às denúncias de perturbação da ordem. 

Entre os meses de outubro de 2021 até janeiro deste ano, a SORP atendeu a 460 ocorrências de poluição sonora. Para realizar uma denúncia sobre som alto ou qualquer barulho que perturbe o sossego, o cidadão deve ligar na central telefônica da SORP no número do Disque-Silêncio - (65) 99341-3000.  O horário de atendimento é de 22h às 3h - de quinta-feira a domingo. Outro número disponibilizado é o Disque-Denúncia - (65) 3616-9614 - que atende a ocorrências de poluição sonora em todos os dias da semana, durante o horário comercial